O Príncipe Charles provocou um alvoroço na internet ao enviar uma mensagem de vídeo

Sempre que algum membro da realeza faz uma live em sua própria casa, cria-se uma empolgante oportunidade ao público de dar uma espiadinha em uma residência real. Porém, quando os fãs entraram na transmissão para ver o pronunciamento do Príncipe Charles sobre um novo hospital em Londres, eles receberam um pouco mais do que esperavam. Na verdade, muitas pessoas ficaram surpresas – e até um pouco perturbadas – com o conteúdo enquadrado em um porta-retrato, o qual estava localizado sobre o piano de Charles.

Ao inaugurar o NHS Nightingale Hospital London, Charles tornou-se o primeiro membro de sua família a fazer isso por vídeo. Naquele momento, ele comunicava-se de sua residência rural na Escócia, chamada Birkhall, a qual faz parte da propriedade Balmoral e é utilizada como residência de verão pelo príncipe e a esposa dele, Camilla, a Duquesa da Cornualha.

De toda forma, foi comovente o discurso que Charles fez de Birkhall. Dirigindo-se a todos os envolvidos na criação do hospital, ele comentou: “Se assim posso dizer, fiquei muito emocionado por ter sido convidado a abrir o Nightingale Hospital… É, sem dúvida, um feito espetacular e quase inacreditável em todos os sentidos – desde seu tamanho e sua velocidade de construção, sendo finalizado em apenas nove dias, até em relação às habilidades daqueles que criaram esse hospital”.

“[É] um exemplo de como o impossível pode ser tornar possível e como podemos alcançar isso por meio da vontade e da engenhosidade humana”, continuou Charles. “A criação desse hospital é, acima de tudo, o resultado de uma extraordinária colaboração e parceria entre os gestores do NHS, os militares e todos que se comprometeram a criar um núcleo em uma escala nunca vista antes no Reino Unido”.

Falando diretamente para a câmera, o herdeiro do trono britânico prosseguiu: “Em nome da nação, quero agradecer muito aos organizadores, aos construtores, às Forças Armadas, às empresas e organizações generosas [as quais] ofereceram serviços e equipamentos e, por fim, à equipe de suporte que fez isso possível”.

ADVERTISEMENT

Também, Charles agradeceu às pessoas que atuariam no hospital. “Somos imensamente gratos aos médicos, aos enfermeiros, aos técnicos, à equipe que trabalha atualmente no serviço de saúde, aos profissionais que estão deixando a aposentadoria por conta do momento atual e aos voluntários que aí vão se dedicar”, afirmou

Charles também mencionou sobre a figura histórica que teve seu nome dado a esse novo centro médico, acrescentando: “O nome desse hospital não poderia ter sido escolhido de maneira mais adequada. Florence Nightingale, a ‘Dama da Lâmpada’, trouxe esperança e cura para milhares de pessoas em seus momentos mais sombrios… Simboliza o cuidado altruísta e o serviço dedicado ocorrendo em diversos ambientes, com inúmeros indivíduos, em todo o Reino Unido”.

ADVERTISEMENT

“Senhoras e senhores, como as maravilhas da tecnologia moderna podem fazer muito – e eu não consigo alcançar daqui -, eu gostaria de convidar a chefe de enfermagem de Nightingale, Natalie Gray, para em meu nome desvelar a placa e declarar aberto o NHS Nightingale Hospital”, o príncipe finalizou. A placa foi, então, revelada com calorosos aplausos.

As palavras de Charles foram recebidas de forma positiva. Um espectador respondeu no Twitter: “Ouvindo o discurso, [ele] pareceu como um candidato a rei. Eu sinceramente espero que isso não aconteça em breve, mas quando este dia chegar, teremos um rei muito humano, sábio, experiente e qualificado em nosso meio. Devemos ser gratos por isso nos anos que virão”.

ADVERTISEMENT

No entanto, o discurso não foi o único aspecto importante da live, uma vez que o vídeo de Charles deu aos fãs a rara chance de se debruçarem sobre o interior de Birkhall – uma das propriedades mais privadas da família real britânica. Inclusive, tal casa – que remonta aos anos 1700 – só foi vista anteriormente no documentário da BBC de 2018, chamado “Prince, Son and Heir: Charles at 70”.

Assim, quando a transmissão ao vivo aconteceu em Birkhall, o público pode dar uma olhadinha no interior da casa e eles notaram, em particular, que havia muitas fotos do príncipe e sua família. Aliás, uma delas parece ter sido tirada na cerimônia de batismo do Príncipe Louis.

ADVERTISEMENT

Contudo, há alguns detalhes já conhecidos sobre Birkhall. A propriedade pertencia originalmente à Rainha Vitória e, desde então, foi passada à família real. A área tornou-se uma das residências da Rainha Elizabeth, denominada de Rainha-Mãe. Portanto, na adolescência, a Rainha Elizabeth II costumava passar as férias em Birkhall com a irmã, a Princesa Margaret. Após a morte da Rainha Elizabeth, a propriedade foi dada a seu neto, Charles.

Embora o funcionamento interno de Birkhall seja mantido em segredo, Charles falou sobre seus jardins à revista Country Life em 2013. “É um lugar muito especial, principalmente porque foi feito pela minha avó”, disse ele. “É o jardim da minha infância, tudo o que fiz, na verdade, foi melhorá-lo um pouco”.

ADVERTISEMENT

O príncipe, editor convidado daquela edição da Country Life, acrescentou: “Meu estilo de jardinagem é voltado a trabalhar com o espírito do lugar e ter tempo suficiente para andar por tudo até ter uma visão de como deveria se tornar para mim. Às vezes, eu vejo isso em sonho”.

Todavia, o local em que Charles fez seu discurso sobre o Nightingale Hospital parecia ser um escritório pouco visto em Birkhall. Logo, alguns atentos fãs examinaram o cenário para ver quais fotografias o Duque da Cornualha considerou dignas de serem expostas nessa sala.

ADVERTISEMENT

Posteriormente, o perfil Clarence House divulgou uma foto do discurso, fornecendo uma boa visão do escritório e apresentando um detalhe que os espectadores do vídeo não seriam capazes de ver. Para deixar a câmera de seu tablet em uma altura adequada, Charles usou como apoio um livro que ele mesmo escreveu, denominado de “Harmony: a Revolução da Sustentabilidade”.

Por meio da postagem de Clarence House, foi possível observar mais de perto as fotos atrás de Charles. Em um quadro havia a representação da Rainha Elizabeth II, mãe de Charles, na década de 1920. Em outro exibia o príncipe e sua irmã, a Princesa Anne, quando crianças – sendo esta, supostamente, a irmã que ele mais gosta. Essa foto foi tirada quando a família real estava de férias em Malta, em meados da década de 1950, e o príncipe e a princesa usavam roupas que combinavam de um modo adorável.

ADVERTISEMENT

Outras imagens da família real em ocasiões mais públicas estavam lá também. Por exemplo, sobre o piano do Duque da Cornualha, observou-se uma fotografia de Charles, Príncipe William e Príncipe Harry em trajes militares durante um evento comemorativo da Força Aérea Real. Separada dessas molduras, encontrava-se também uma foto tirada em 2005, logo após a cerimônia de casamento do Príncipe Charles

À propósito, alguns espectadores ficaram bastante aliviados ao ver uma foto de Harry ali, mesmo após a decisão dele de se afastar da família real – e isso ter gerado alguns desentendimentos. No início de 2020, Harry e sua esposa, Meghan, revelaram que eles renunciariam suas funções como membros da monarquia britânica. Assim, o casal alternou entre a América do Norte e o Reino Unido enquanto criava seu filho, Archie.

ADVERTISEMENT

Entretanto, Charles ficou furioso com isso. De acordo com um relatório de janeiro de 2020 do jornal The Sun, uma fonte afirmou que tanto Charles quanto William estavam “extremamente raivosos” com o anúncio de Harry. Ao que parece, tais membros da realeza acreditavam que tinham sido “apunhalados pelas costas”, ainda mais porque parece que Harry não havia revelado nada antes aos seus familiares.

De toda maneira, a situação parece ter sido resolvido após uma reunião. Em 13 de janeiro, a Rainha divulgou o seguinte comunicado: “Minha família e eu apoiamos completamente o desejo de Harry e Meghan de criar uma nova vida como uma jovem família. Embora tenhamos preferido que eles continuassem a trabalhar em tempo integral como membros da realeza, respeitamos e compreendemos o desejo deles de viverem uma vida mais independente como família”.

ADVERTISEMENT

Depois disso, outra fonte relatou ao The Sun: “É claro que todos, inclusive o Príncipe Charles, preferiam que Harry e Meghan continuassem como parte da família real. Charles, em particular, acreditava que o trabalho e as causas abarcadas por Harry e Meghan poderiam ser realmente atendidas ainda que permanecessem como membros da realeza”.

“Porém, como qualquer amoroso pai, agora que Harry tomou sua decisão, Charles está ansioso para apoiá-lo”, prosseguiu. “Desde que Harry voltou, ele viu Charles e ambos discutiram sobre o futuro. Harry respeita imensamente a opinião de seu pai e acolheu de bom grado os conselhos dados”.

ADVERTISEMENT

Não só Harry esteve representado na parede do escritório de seu pai como também Meghan e Archie. Em uma imagem, Meghan apareceu ao lado de seu marido com toda a família reunida no batismo de Louis e, em outra foto, o neto mais novo de Charles encontrava-se com ele.

Aliás, havia outros interessantes itens no escritório do príncipe, como vários enfeites de aparência cara. Foi possível identificar alguma flores, vindas provavelmente do jardim, e uma fotografia da sobrinha de Charles, Zara Tindall, a qual montava em seu cavalo. Mas ao lado desses objetos havia algo bastante estranho.

ADVERTISEMENT

Durante a transmissão de vídeo, uma misteriosa foto apareceu atrás de Charles. Parecia ser uma silhueta monocromática enquadrada no porta-retrato, ainda que aparentasse também ser o recorte da imagem de alguém. Será que foi um tipo de declaração artística? De todo modo, o Twitter imediatamente entrou neste caso. E, claro, foi só para rir.

O escritor Richard Littler encarregou-se de twittar uma foto ampliada do quadro misterioso com as palavras “Mas que…”. Assim, em resposta a essa postagem, as pessoas usaram imagens divertidas no espaço em branco da foto. Tanto é que a estrela da série “Tiger King”, Joe Exotic, e o ator Tom Baker foram colados nesse espaço, bem como uma foto nada lisonjeira do Príncipe Philip.

ADVERTISEMENT

No entanto, algumas pessoas tentaram desvendar o mistério. Uma resposta a Littler dizia: “Se você olhar de perto, parece haver um leve contorno a lápis – nesta foto, pelo menos”. Será que era um desenho de criança que não apareceu bem na câmera? Outro indivíduo surgiu com uma explicação mais simples: “Charles esqueceu de colocar uma foto no quadro?”.

“O príncipe Charles está fazendo um discurso”, escreveu outro usuário da rede social. “Porta-retrato vazio no fundo… Isso é para o irmão perdido?”. O autor desse comentário brinca, referindo-se ao fato de Charles ter um irmão gêmeo secreto – um ponto da trama de “The Windsors”, uma série satírica envolvendo a realeza britânica.

ADVERTISEMENT

Por outro lado, alguns aproveitaram para dizer que o porta-retrato vazio representava “apenas um dos vampiros ancestrais”. À propósito, realmente existe uma teoria da conspiração de que Charles é um vampiro. Ao que parece, ele é um parente distante de Vlad, o Empalador – a apavorante figura que serviu de inspiração para o personagem Drácula. Inclusive, o príncipe já chegou a falar alegremente sobre a Transilvânia como um destino turístico no passado.

Dessa forma, as piadas do Twitter tornaram-se cada vez mais estranhas. Uma pessoa brincou: “O que muitas pessoas não perceberam é que Sua Alteza Real, o Príncipe Charles, fica preso dentro de um porta-retrato durante 70% de sua vida e só é libertado sob as ordens da Rainha.” Outro escreveu: “Algo saiu daquela foto e está no mundo agora. Está lá fora. Tenha medo. Tenha muito medo”.

ADVERTISEMENT

Uma das recorrentes respostas envolvia Harry e Meghan terem sido tirados da fotografia – embora, a julgar pelo conteúdo do resto da sala, isso pareça improvável. Porém, houve uma ocasião um pouco antes do discurso de Charles em que o casal se destacou por sua ausência.

Em 2019, a Rainha fez seu habitual discurso de Natal à nação. Assim como na transmissão ao vivo de Charles, a monarca foi filmada cercada por fotos de sua família. Ficou bem visível, contudo, que nenhuma dessas imagens mostrava Harry, Meghan ou Archie.

ADVERTISEMENT

O curioso é que durante o discurso de Natal do ano anterior, em 2018, fotos de Harry e Meghan estavam à mostra na mesa. Logo, ao notar que tais pessoas não estavam presentes no Natal de 2019, alguns espectadores concluíram que a ação da Rainha foi, de fato, algum tipo de desprezo. Em discussões online, o pessoal alegou que a Rainha estava enviando, na verdade, uma mensagem codificada sobre a rivalidade entre eles.

Em dezembro de 2019, a especialista na família real, Ingrid Seward, também opinou sobre o assunto ao falar com o jornal Daily Mirror. Dessa maneira, Seward afirmou que as fotos preparadas para o discurso da Rainha pareciam “representar a ideia de uma monarquia bem-proporcionada” e que “todos os problemas de mídia com Harry e Meghan devem tê-la deixado preocupada”. A comentarista prosseguiu, dizendo que a monarca “nunca seria tão dissimulada a ponto de omitir de propósito a imagem deles”.

ADVERTISEMENT

Além disso, a Rainha fez referência ao bebê Archie em seu discurso de Natal. “Duzentos anos depois do nascimento de minha trisavó, a rainha Vitória, o príncipe Philip e eu temos o prazer de receber nosso oitavo bisneto em nossa família”, disse ela. “Claro, no cerne da história de Natal está o nascimento de uma criança: uma providência aparentemente pequena e insignificante esquecida por muitos em Belém”.

No entanto, o problema da foto surgiu novamente quando Harry e Meghan anunciaram que se retirariam da vida real britânica. “O príncipe Harry e Meghan Markle não compareceram ao discurso de Natal da Rainha em 2019”, escreveu um fã no Twitter. “Alguns disseram que era por que apenas herdeiros eram expostos ali. Agora entendemos o motivo”.

ADVERTISEMENT

Algumas fontes alegaram à mídia que a ausência de fotos de Harry e Meghan na transmissão causou conflito dentro da família real. Um informante disse ao jornal The Times que o casal se sentiu excluído e “interpretou a situação da mesma forma que a maioria das pessoas quando a Rainha entregou a mensagem no dia de Natal”.

No momento, tudo parece estar bem. Em um entrevista ao Entertainment Tonight em maio de 2020, a correspondente real, Katie Nicholl, comentou que Harry e Meghan “estabeleceram suas [novas] vidas” em Los Angeles e estão até mantendo contato com William.

ADVERTISEMENT

Assim, talvez a Rainha não estivesse enviando nenhum tipo de mensagem codificada ao omitir Harry e Meghan nos porta-retratos. Ao que tudo indica, Charles também não está sinalizando nada com a estranha imagem em branco que mantém em seu escritório. Por outro lado, se mais tarde alguém descobrir que ele realmente é um vampiro, a frase “eu te disse…” vai ser frequente – e com razão!

ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT